Assine Gestão Escolar
Revista do mês
Gestão Escolar
Assine Gestão Escolar
publicidade

O que é planejamento?

Antecipar as atividades e situações durante o ano ajuda na melhoria do ensino e da aprendizagem e evita que a equipe escolar seja pega de surpresa por problemas

Raissa Pascoal

Imagine fazer uma viagem sem saber para onde você irá, onde se hospedará e o que fará. Ela pode ser ótima, mas há espaço para muitas coisas darem errado ao longo do trajeto, não é mesmo? Você pode não ter onde dormir, nem saber onde comer, não ter dinheiro no final da jornada e se perder pelo caminho.

Esse panorama pode servir de modelo para muitas outras situações da vida, inclusive para uma escola. Já pensou em dar início ao ano letivo sem saber o que acontecerá na semana seguinte? Muito pode acontecer, por exemplo, os professores não saberem como lidar com a turma e a equipe escolar não conseguir implantar planos de ação e acompanhar o cumprimento de metas, como diminuir a evasão escolar e alfabetizar todas as crianças.

Portanto, se você deseja evitar impasses, ou pelo menos antecipá-los, investir em planejamento é a solução.

Quando e como ele é feito?

Em geral, o planejamento escolar é feito para o ano inteiro e acontece antes do início das aulas. Nesse período, as escolas agendam uma semana pedagógica (que pode durar de 3 a 5 dias), durante a qual se discute o que acontecerá nos próximos 200 dias letivos, e revisam o Projeto Político-Pedagógico (PPP), o documento que define a identidade da escola e indica os caminhos para o ensino de qualidade.

"O planejamento nasce a partir do estabelecimento de metas e de objetivos que a escola deseja alcançar. Ele é um momento importantíssimo para a construção de conhecimento sobre gestão e didática, articulação com a comunidade, constituição de uma equipe colaborativa e qualificação das ações", diz Maura Barbosa, consultora de GESTÃO ESCOLAR.

Essa atividade é assegurada pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), de 1996, que garante que todos os profissionais que trabalham em uma escola tenham um tempo reservado para planejar a rotina.

No entanto, não é só porque está na lei que ele deve ser cumprido. O planejamento é indispensável para a gestão do tempo, de materiais, de pessoas e de espaço, porque, ao colocar tudo o que a escola realizará ao longo do ano na ponta do lápis, é possível ter uma ideia do cenário e alocar os recursos de acordo com as necessidades dos períodos do ano.

O que acontece na reunião de planejamento?

Abaixo, fizemos uma lista do que deve ser considerado durante a elaboração do planejamento anual da escola.

  • Recepção dos professores novatos
  • Troca de experiências entre os professores e gestores
  • Apresentação e análise dos resultados do ano anterior
  • Estabelecimento de metas e objetivos
  • Apresentação do calendário escolar, de acordo com o disponibilizado pela Secretaria de Educação
  • Revisão do Projeto Político-Pedagógico e criação de planos de ação
  • Definição da grade horária das disciplinas
  • Divisão das turmas
  • Organização das salas e dos materiais
  • Recepção dos alunos
  • Planejamento pedagógico, levando em consideração a avaliação do ano anterior e a distribuição dos conteúdos de ensino e aprendizagem

Como é possível ver, o planejamento do ano não começa da estaca zero. O trabalho já se inicia no ano anterior, quando a equipe escolar realiza a avaliação do último plano. Na semana pedagógica, trabalha-se em cima dos resultados obtidos e com a troca de experiência sobre as turmas entre os docentes, visando sempre melhorar o que tem sido feito.

É claro que as pautas das reuniões de planejamento podem mudar, a depender de seu objetivo. Em um encontro sobre diagnóstico, por exemplo, não se discutirá questões como a organização da sala de aula, mas sim sobre a forma de descobrir os saberes das crianças. "A pauta do planejamento depende sempre de quem está participando da reunião", diz Maura.

Ao longo dos meses, é importante acompanhar se as ações previstas no planejamento têm sido implantadas e se as estratégias estão dando certo. Essa avaliação pode ocorrer a cada bimestre ou trimestre ou, ainda, semestralmente. Nessa altura, algumas perguntas são essenciais: tudo o que estava programado deu certo? Por que tal atividade deu errado? Como podemos melhorar para os próximos meses? Com as respostas dessas perguntas em mãos, inicia-se o replanejamento.

Quem participa?

Todo mundo participa da elaboração do planejamento porque ele influencia a escola inteira. Portanto, devem comparecer aos encontros os gestores, os professores e os funcionários. Os membros da equipe discutirão o funcionamento da instituição como um todo e também as funções pelas quais são responsáveis. Isso significa que todos devem pensar juntos sobre qual é a missão e os objetivos da escola, por exemplo. Mas, quando a pauta for planejamento de uma disciplina específica, apenas os professores e o coordenador pedagógico se ocuparão da tarefa. Essa prática garante a construção de uma gestão democrática e participativa.

Resumindo...

Em poucas palavras, o planejamento significa conhecer a realidade e as necessidades da comunidade escolar, estabelecer metas e objetivos, destinar recursos financeiros e materiais e gerir tempo e pessoas. Assim, é possível antecipar problemas e antever ações para contribuir com o desenvolvimento educacional dos estudantes.

 

Quer saber mais?

BIBLIOGRAFIA
A escola participativa - O trabalho do gestor escolar
, Heloísa Lück, Kátia Siqueira de Freitas, Robert Girling e Sherry Keith, 160 págs., Ed. Vozes, tel. (11) 3256-0611, 29,70 reais. Saiba mais sobre a obra em Guia da escola democrática

A prática do planejamento participativo, Danilo Gandin, 184 págs., Ed. Vozes, tel. (11) 3256-0611, 39,30 reais.

Planejamento: Projeto de Ensino-Aprendizagem e Projeto Político-Pedagógico, Celso dos Santos Vasconcellos, 208 pág., Ed. Libertad, tel. (11) 5062-8515, 40 reais.

Compartilhe

Gostou desta reportagem? Assine GESTÃO ESCOLAR
e receba muito mais conteúdo a cada edição!

 

Publicado em Fevereiro de 2014.
Comentários

 

 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais
Gestão Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.