Assine Gestão Escolar
publicidade
  Blogs

Coordenadoras em Ação

Blog das coordenadoras pedagógicas: a gestão escolar vista de dentro da escola e na prática

Eduarda Diniz Mayrink, coordenadora pedagógica, e Leninha Ruiz, formadora
na área de Educação Infantil
Eduarda Diniz Mayrink, coordenadora pedagógica, e Leninha Ruiz, formadora na área de Educação Infantil


Minha estreia como Coordenadora Pedagógica

| Ensino Fundamental - Maria Inês Miqueleto

Assumi o cargo de coordenadora pedagógica em 2008 e aprendo muito sobre a função até hoje

Todo começo de ano, muitos educadores assumem o cargo de coordenação pedagógica. Quando isso acontece, passamos por uma fase de ansiedade e dúvidas com relação ao que virá pela frente, não é mesmo? Hoje resolvi contar como foi comigo.

Fui Vice-Diretora da Escola Maria Aparecida dos Santos Oliveira no período de outubro de 2005 a julho de 2008. A partir de agosto de 2008, tornei-me coordenadora, portanto, estreei na função há pouco mais de quatro anos. Como eu já convivia com o grupo de docentes, a estreia foi bem tranquila.

Lembro-me que, em reunião de planejamento com os professores, no início de 2009, eu disse a eles que “estava aprendendo a ser coordenadora”. Engraçado, todo início de ano, eu os lembro da minha fala e acrescento “hoje, pessoal, continuo aprendendo a ser coordenadora”.

Realmente, a cada ano aprendo mais, a segurança aumenta e as necessidades me fazem trabalhar para a verdadeira realidade. Mas posso dizer que, ao estrear como coordenadora pedagógica, meu primeiro objetivo foi “conquistar” os professores para que se tornassem receptivos à minha nova função e legitimassem o meu papel.

Desde o início, coloquei-me como alguém que poderia contribuir com a formação deles, sendo parceira do trabalho que desenvolviam e, sempre, tendo a certeza que aprenderia muito com eles. E como aprendo!

Logo, ganhei fama de “irritantemente organizada” e gostei, pois realmente sou! Essa minha postura tem se refletido em alguns professores que não eram tão organizados. Além de comentarem, é perceptível nos cuidados com seus materiais e registros que me apresentam.

Enfim, o tempo passa rápido demais. Escrever sobre esse tema me fez pensar que hoje, faço melhor do que quando comecei e que posso melhorar a cada ano.

E você coordenador, como foi a sua estreia?

Beijos Maria Inês

TAGS: , , , , 76 Comentários

Deixe seu comentário






Escreva aqui o seu comentário

76 comentários

  • osenita Sousa Santos - 18/01/2013 às 5:00 pm

    Olá minha experiência como coordenadora pedagógica, foi muito interessante estou nesta unidade escolar desde 2002, comecei como professora eventual de fui educadora profissional do Programa Escola da Família durante seis anos, adoro minha profissão não me vejo em outra área tenho um sonho muito grande de desenvolver um projeto pela secretaria para trabalhar valores com criança carente que mora em bairro de vulnerabilidade.Sinto que não só nossos governantes mas também a sociedade pode e deve contribuir com a qualidade de vida na educação. Abraço, Josenita

    • mariaines - 21/01/2013 às 5:07 pm

      Josenita, sua trajetória é muito bonita e espero que realize seu sonho, principalmente porque quem ganhará serão as criianças. Abraços.

  • Flavia Cardoso - 18/01/2013 às 9:09 pm

    Minha experiência foi marcante para minha vida profissional. Mesmo em sala de aula já tinha o perfil de ajudar as colegas e trazer novidades. Isso me ajudou bastante! Iniciei meio insegura. A pergunta ficava no ar: Será que vou conseguir ? O apoio e a autonomia cedida a mim pela minha diretora pedagógica foi crucial para que eu trilhasse pelo caminho novo com minhas próprias pernas. Sempre que tinha duvida ela me ajudava e confiava no meu trabalho. Já estou a três anos na coordenação. Me sinto realizada em orientar meus professores na sua atuação e formação profissionais.

    • mariaines - 21/01/2013 às 5:07 pm

      Flávia, parabéns pelo seu trabalho. É muito bom podermos contar com outras pessoas, não é verdade? Abraços.

  • RAQUEL ELOISA BARROS FRANCELINO NAKADA - 19/01/2013 às 11:02 am

    Sou professora na escola onde a Maria Inês é coordenadora e, só me removi pra essa escola porque necessitava me atualizar e continuar estudando, me formando nos HTPCs. Não me removo de lá porque além da formação didática-pedagógica com a Maria Inês tenho liberdade de dizer “não sei, tenho medo, vou fazer desse jeito ou daquela outra maneira” Sei que ela está sempre me acompanhando, acompanhando meus alunos. Me seinto segura. beijos Coor.

    • mariaines - 28/01/2013 às 2:25 pm

      Raquel, obrigada por visitar o blog. Como é bom termos parceiros, não é verdade? Beijos.

  • Selma Maria Braga Pimentel - 19/01/2013 às 2:47 pm

    Minha experiência foi extremamente gratificante, a equipe de professores que eu iria coordenar já eram conhecidos e alguns já tínhamos experiências juntos, esse foi um fator favorável, mas mesmo
    assim não baixei a guarda e procurei fazer o melhor. Uma dica para quem vai começar é fazer um cronograma de visitas às escolas onde se encontram os professores que estarão sobre a sua coordenação, isso estreitará os relacionamentos. Considero que houve grandes trocas ao longo do processo e isso é imprescindível quando se trata de conhecimento. Trabalhei diretamente com professores de Língua Portuguesa e Artes da zona urbana e rural, a estratégia era reunir em Encontros Pedagógicos, para trocar, relatar e sugerir novas idéias, baseadas no currículo e na realidade local de cada sujeito. Tive a oportunidade de ministrar um curso de formação de leitores durante a minha coordenação, foi muito significante e prazeroso. Quando amamos o que fazemos, o resultado é inevitável! Abraços, e mãos a obra em 2013!

    • mariaines - 28/01/2013 às 2:26 pm

      Selma , gostei muito do seu depoimento. Realmente as trocas de experiências são muito importantes na nossa função.

  • Cleuza Maria Estronioli de Castro - 19/01/2013 às 8:33 pm

    A minha estreia com professora coordenadora aconteceu com a “estreia” da função de professor coordenador na Secretaria da Educação do Estado, isto é, pertenci a primeira geração dos P.C. do Estado. Lembro-me bem que não tínhamos informações e nem experiências para nos pautar. Fomos criando situações, estudando textos e aprendendo muito. Dividi muitos momentos com uma professora (muito especial) que leciona várias disciplinas no curso de Magistério da escola onde atuava. Hoje sou diretora da escola onde esta professora é a coordenadora. Ainda continuamos dividindo situações, problemas, ações… não é assim Maria Inês Miqueleto?
    E tenho que confessar: embora sinta-me realizada, tenho muitas lembranças boas do tempo da coordenação.

    • mariaines - 28/01/2013 às 2:26 pm

      Cleuza, tempos bons aqueles, não? Sabe que o fato de eu ser “irritantemente organizada”, tem muito de você? Aprendi e aprendo muito com você. Obrigada pela confiança de sempre. Beijos.

  • Marcia Holz - 19/01/2013 às 9:14 pm

    Iniciei minha experiência na coordenação pedagógica em 2004 na Escola Estadual Rocha POmbo de Nova Brasilândia-RO onde estou até hoje, recém formada, sem nenhuma experiência prática, somente os conhecimentos adquiridos na Universidade. Mas ao iniciar os trabalhos fui bem recebida por todos , pois na escola não havia coordenadora e os professores esperavam muito uma pessoa para ajudá-los a resolver os problemas de ensino que enfrentavam no dia-a-dia da sala de aula, então, diante disso, a ansiedade era grande, pois nunca tinha trabalhado como coordenadora e eu tinha por obrigação atender os anseios daquela equipe. Fui a luta e comecei a pesquisar novas estratégias de ensino, atividades diferenciadas para professores que tinham dificuldade de planejar as mesmas, encontros para estudos sobre algum tema que tinham dificuldade, projetos de ensino-aprendizagem, entre outras ações que me faziam aprender a cada dia. Depois de quatro anos na coordenação em 2008 fui convidada pela própria equipe para assumir a direção da escola, pois acreditavam que eu seria a pessoa mais indicada para o momento para liderar a equipe. Assumi o desafio e lá estou até hoje como gestora escolar, amo o que faço e a cada dia aprendo mais, busco trabalhar em sintonia com os professores e procuro ser aquela gestora que eu sempre ouvia eles dizerem que seria a gestora ideal. Muito prêmios já conquistamos e o último e tão sonhado foi o Prêmio Gestão Escolar 2012, onde estive recentemente realizando um intercâmbio no Estados Unidos para conhecer o sistema Educacional Americano, experiência maravilhosa que servirá grandemente para continuar atuando frente aos trabalhos desenvolvidos na Escola, tanto como gestora e ou como coordenadora pedagógica futuramente. Marcia Holz

    • mariaines - 28/01/2013 às 2:26 pm

      Márcia, muito lindo seu depoimento e parabéns pelas conquistas e que muitas outras venham. Abraços.

  • MARIA SILVIANE DE SOUSA BEZERRA - 20/01/2013 às 12:47 pm

    Bem, a minha estreia como coordenadora pedagógica foi bem difícil.Primeiro, só havia um ano que eu trabalhava na escola,e ainda estava no estágio probatório, quer dizer, eu estava buscando minha identidade como docente e, de repente, recebo o convite para assumir a coordenação da escola.Isso foi agora no início 2012, ou seja, ainda estou em um momento forte de adaptação.No entanto, existem algumas coisas que já aprendi e aquilo que não foi legal, com certeza não repetirei.

    • mariaines - 28/01/2013 às 2:27 pm

      Maria Silviane, obrigada por visitar o blog. A persistência é muito importante, não desista nunca. Abraços.

  • Fabio Toro - 21/01/2013 às 12:28 am

    A minha estréia foi semelhante a sua e a da colega Flavia.
    Quando fui convidado para assumir a coordenação já fazia parte do grupo, pois era um professor da unidade escolar. O início também não foi fácil. Assumi a coordenação como interino no cargo quando faltavam exatos 40 dias para terminar o ano letivo da escola. Tinha um bom contato com o grupo de professores e o que me deu força foi o apoio da colega que coordenava o FUND I e da minha diretora. Confesso que não foi uma experiência fácil, assumi no meio do trimestre e num piscar de olhos já estava a frente do Conselho Final. Quando terminou o ano fui convidado para continuar na função e daí sim pude vivenciar as ações pedagógicas de um ano letivo por inteiro. Após 2 anos e 40 dias na função aqui estou me preparando para mais um desafio que será o de coordenar uma outra escola e com um novo grupo de professor, neste momento, preparo a pauta de uma reunião que terei com a equipe da escola e sinto-me de volta ao começo, mais maduro e com muita vontade de trocar, refletir e aprender com o grupo.

    • mariaines - 28/01/2013 às 2:27 pm

      Fábio, obrigada por visitar o blog. Nada acontece por acaso, não é mesmo? Tem uma frase do livro “O pequeno príncipe” que é assim: “Você é responsável por aquilo que cativas”. E não é verdade? Abraços.

  • Jaqueline Maria Coelho Maciel - 21/01/2013 às 5:08 pm

    Estou na educação desde o ano de 1992, mas sempre como auxiliar de sala. Na época tinha apenas o ensino fundamental. Desde então passei a amar a educação e fui dentro de minhas possibilidades continuando meus estudos. Primeiro fiz o ensino médio, depois o magistério e só nesta semana é que concluí a graduação em pedagogia. Porém, depois que fiz o magistério, no ano de 2008 tive a oportunidade de trabalhar como professora em uma escola particular. Estou lá até hoje. E no ano de 2012 passei a exercer a função de coordenadora, mesmo sem ter concluído minha formação superior. Confesso que tenho saudade da sala de aula, mas estou gostando de contribuir com meus colegas. Todavia, diferente de nossa colega Maria Inês, eu sou muito desorganizada e isso atrapalhou demais meu trabalho. Agora no final do ano meu patrão perguntou qual a minha avaliação para coordenação e eu disse que precisava melhorar em muitas coisas. Ele discordou, disse que eu tinha feito um excelente trabalho mas que é claro precisava melhorar na organização, pois tudo sempre dá certo, mas eu acabo sofrendo demais. Tive que concordar.
    Gostaria de receber dicas suas de organização Maria Inês, se for possível. Abraço a todos.

    • mariaines - 28/01/2013 às 2:28 pm

      Jaqueline, obrigada por visitar o blog. Então você não é muito organizada? Calma! Você chega lá e quando pegar gosto… Estou sempre dando dicas de organização e você pode ler alguns posts anteriores. Abraços.

  • Daniela - 22/01/2013 às 4:18 pm

    Estou estreando hj e confesso que é um alívio ler e saber que todo esse turbilhão de emoções e insegurança seja normal. Que esse aprendizado dure por muitos e muitos anos!

    • mariaines - 28/01/2013 às 2:28 pm

      Daniela, parabéns pela estréia. Tenha certeza que aprendemos muito na coordenação. Abraços.

  • Régina Maria - 23/01/2013 às 1:58 am

    No momento estou fora do mercado de trabalho e sempre buscando novas oportunidades acontece quando recebo proposta é para o cargo de coordenação fico insegura por que tenho pouca experiencia no cargo (6 meses), tenho pesquisado matérias com relação a função mesmo assim me sento insegura. Peço orientação.

    • mariaines - 28/01/2013 às 2:29 pm

      Regina, a função de coordenador está em construção, daí a importância de trocarmos experiências. Não tenha tanto medo, seja humilde para perguntar e se arrisque. Abraços.

  • Vanessa - 23/01/2013 às 1:43 pm

    Estou começando essa semana, já entrei na escola como coordenadora, estou receosa porque não conheço nada nem ninguém, por isso quero dar ouvidos a professores e alunos, pra conhecer melhor a realidade da escola e assim poder ajudá-los melhor!

  • Elisangela Bomfim - 23/01/2013 às 5:08 pm

    Olá, estou iniciando agora a minha experiência como coordenadora pedagógica, ainda estou com aquele friozinho na barriga. Valeu muito a pena ter lido a sua postagem, “vou aprender a ser coordenadora” – levarei essa frase comigo para a primeira reunião com os meus professores. Estarei coordenando um grupo de professores, de algumas escolas da zona rural do município de Nilo Peçanha, que totaliza um grupo de 8 professores. Estou melhor preparada teoricamente que na prática, mas estou disposta buscar experiencias, e me empenhar para desenvolver um bom trabalho com o meu grupo. No próximo ano tenho certeza que comentarei com mais propriedade sobre o assunto: Coordenação Pedagógica.

    • mariaines - 28/01/2013 às 2:29 pm

      Elisangela, obrigada por visitar o blog. Tenha certeza que a teoria vai te ajudar muito, pois você terá fundamentos para falar da prática. Boa sorte! Abraços.

  • Adaylza Wanderlucia gonçalves Meira - 23/01/2013 às 11:43 pm

    Nossa, sua estreia tem sido como a minha. Estou super nervosa porém confiante e sua fala me animou muito que Deus te abençõe

    • mariaines - 28/01/2013 às 2:29 pm

      Adaylza, desejo tudo de bom na sua estréia. O nervoso faz parte dos compromissados. Que Deus também te abençoe. Abraços.

  • zaine - 24/01/2013 às 5:06 pm

    Assumi a coordenação pedagógica há três anos em um centro de educação infantil e, como você, digo a elas que estou aprendendo a cada dia e modificando a cada novo ano. Também como você temos coisas em comum o fato de já conhecer o grupo foi mais fácil mas mesmo assim tive alguns probleminhas no começo pois como a figura do coordenador ás vezes assusta o grupo mas hoje estamos super bem.

  • Aline Nunes - 25/01/2013 às 11:15 pm

    Maria Inês, estarei iniciando na coordenação agora em 2013 e desde que soube comecei a ler o blog e quero dizer que tem ajudado bastante…. estou ansiosa, não conheço nada e ninguém! Gostaria de saber mais sobre o portifólio que falou, será que tem como disponibilizar o modelo?
    Beijos e obrigada.

  • Guilherme de Cássio - 30/01/2013 às 1:29 pm

    Minha estréia como Coordenador Pedagógico se deu em 2005, quando a figura do CP foi implantada na rede municipal de UTINGA-BA. Foram muitos os desafios, pois todos nós estávamos aprendendo juntos a ser coordenador. Logo de cara, assumi as escolas municipalizadas, que absorveram professores da rede estadual, que já estavam, em sua maioria, próximos à aposentadoria. Mas a receptividade dos mesmos a esta nova figura, m,e ajudou muito neste aprendizado, em seguida assumi escolas rurais, o que se configurou em um novo desafio. De 2009 a 2012 estive afastado da Coordenação Pedagógica, assumindo a Secretaria de Educação e Cultura. Agora, retorno à minha função de CP, certo de que é um recomeço, de que terei de me adaptar a muitas mudanças que durante os últimos anos vivenciei de um outro lugar. Já estou na escola, uma escola de periferia, com uma realidade complexa, altos índices de evasão e reprovação. Um desafio que já está sendo enfrentado e, para o qual, conto com uma excelente equipe.

  • Greise Ramos - 31/01/2013 às 9:31 pm

    Estou estreando na coordenação pedagógica e estou muito ansiosa e nervosa. Trabalhei na Educação Infantil por 15 anos e, engraçado, me sinto perdida como se não soubesse mais nada. As aulas começam na segunda-feira. Ajude-me, por favor! Não sei como agir no meu primeiro dia.

  • Valéria - 02/02/2013 às 5:12 pm

    Maria Inês, estreei como Coordenadora ontem após 26 anos de docência no Ensino Médio. Simplesmente ADOREI o seu post. Estou ansiosa, mas confiante.Hoje não tenho muito o que relatar, porém tenho lido o que posso para me embasar, recorrido ao Núcleo Pedagógico da Diretoria de Ensino…muito ainda para percorrer. Um abraço.

  • rosimeire - 02/02/2013 às 11:27 pm

    Olá, a minha experiencia como coordenadora pedagógica foi em 2011, numa creche. Fui por muitos anos professora de ensino fundamental II e médio, portanto fui para um ambiente bem diferente. Graças a Deus fui bem recebida, fui sincera ao falar que estava um tanto que perdida com a nova realidade que contava com a ajuda de todos , falei de minha experiencia e que a troca seria enriquecedora. Durante o ano de 2012, fique sem equipe na creche e tive que assumir sozinha, mais uma vez a participação e o bom relacionamento entre todos foi fundamental para que tivessemos um bom ano apesar de tanto trabalho, pois a rotina de creche é estafante. Este ano de 2013 , fui obrigada a mudar de unidade para a Educação Infantil, estava ansiosa, receosas , mais uma vez o novo bem no primeiro doa tudo bem, apesar de alguns contratempos, estou me adaptando sei que serei testada e muito cobrada por todos que já são antigos na casa, Estou disposta e confiante ao novo desafio.

  • Magali Parra - 07/02/2013 às 11:32 pm

    Olá, eu quase não acreditei quando abri este blog…. professora querida que saudades…. lembra de mim fui sua aluna no magistério e na FAIBI. Amiga da Juliana e da Michele…. bons tempos aqueles…. então “mestra” rsrsrsrsrsrsr…. minha estréia foi hoje dia 07/2/2013… estou na prefeitura de Monte Mor uma cidade aqui perto de Sumaré onde moro , estava com o ensino fundamental até ontem (4º ano ) e resolvi aceitar o desafio. Como tenho crescido desde que sai da faculdade.. trabalhando bastante, fiz letras , trabalhei no Estado. Aprendi muito com você, e sobre a coordenação, realmente da aquele friozinho na barriga, medo , insegurança, você está do outro lado, mas tenho certeza que tudo dará certo. Voltarei outras vezes no blog, achei muito legal e principalmente por ser você… Fiquei feliz em revê-la…. beijos

  • Janaina Campos - 11/02/2013 às 12:24 am

    Comecei como coordenadora em 2011, realmente é uma ansiedade inexplicável. Já no primeiro ano achei bastante diferente, um mundo novo, uma nova forma de trabalho. Antes em sala de aula fazia meu próprio planejamento, o roteiro de aula e agora aff! dá um medinho olhar e ajudar tantos outros cada um com suas preferências. Posso dizer que gosto muito de ser coordenadora assídua é claro, pq algumas só recebem o nome da função, infelizmente, porém eu gosto demais aprendo bastante com os professores que acompanho, sinto muita dificuldade com a falta de formação para coordenadores, no entanto bebo muito nas edições da revista escola e sano várias de minhas dificuldades. É muito bom está c vcs…

  • Flávio - 14/02/2013 às 8:54 pm

    Oi Maria, eu gostaria muito do seu email, pois este ano recebi o convite e estou realmente ansioso e preocupado. Posso contar com sua ajuda com algumas dúvidas, quando eu precisar?

  • Elisa - 26/02/2013 às 10:45 pm

    Minha experiência está sendo muito angustiante mas deliciosa, pois aquele gelo na barriga está muito forte, tenho 23 anos na sala de aula, quis conhecer o lado da coordenação, é muito difícil não tenho experiência nenhuma, mas amanhã farei meu primeiro ATPC, com muito medo mas também com muita confiança, aliás momento pré planejamento numa escola que não ninguém. Gostei muito de seu depoimento tenho certeza que me ajudará muito. Abraço, Elisa

  • gildete - 11/03/2013 às 9:44 pm

    Acho super legal as experiencias das colegas, mas gostaria de ouvi fatos, acontecidos no cotidiano e qual foi a solução.

  • Ronilda Jacauna Lima - 13/03/2013 às 12:36 am

    Oi para todos!!! Minha experiência como coordenadora pedagógica tem o mesmo tempo da Maria Inês. Iniciei meu trabalho com a modalidade do Ensino Fundamental I e II, em uma escola da área urbano de Manaus. Foi um grande desafio coordenar um grupo de mais ou menos 23 professores, principalmente por que eu estava iniciando. Fiquei nesta função por 2 anos onde aprendi muito. Atualmente trabalho na Coordenação pedagógica da Ed. Infantil e com toda a sinceridade amo o que faço. Encontrei-me de fato nesta modalidade e amo lidar com os pequeninos. Ver o desenvolvimento deles de modo satisfatório é a maior glória para meu ser profissional. E hoje em dia vejo de fato o quanto o papel do Coordenador Pedagógico é relevante dentro da escola, assim como é importante também a nossa permanente qualificação. Um forte abraço

  • Dilcineia - 17/03/2013 às 12:48 am

    Se você puder gostaria muito de receber tudo sobre coordenação pedagógica, estou fazendo minha pós em gestão escolar e não tenho nenhuma experiencia fiz pedagógia pela Ulbra terminei em julho, quero aprender espero que você possa mim ajuda, obrigada.

  • Tânia Maria Costa - 06/05/2013 às 5:17 pm

    Obrigada pelas publicações, são ótimas e tem ajudado-me bastante. É muito bom saber que temos profissionais competentes nessa área e que sabem compartilhar saberes. Att. Tânia

  • José Ramos - 07/05/2013 às 12:27 am

    Começo amanhã, (07/05/2013), meu novo desafio, coordenador pedagógico, em uma escola de médio porte, Bairro de periferia, muitas famílias carentes. Espero relatar em breve boas experiencias, como as dos colegas que li.

  • solange aparecida da silva fonseca - 17/05/2013 às 3:27 am

    Formada em 2008 em pedagogia, atualmente (2013) estou como supervisora em uma escola estadual.Tenho sentido as pressões do cargo e principalmente das comparações. Estou me sentido insegura e não me considerando com o perfil necessário para atuar no cargo. O que posso faszer?

  • mirian aprecida vieira - 24/05/2013 às 8:57 pm

    A minha estréia foi esse ano está sendo muito difícil até muitas vezes pensei em desistir está muito complicado tenho receio de não esta dando conta ouço muitas reclamações porém me esforço muito e tento sempre trilhar o caminho certo tenho receio de não esta sendo competente o suficiente mas estou dando o meu melhor espero consegui também..

  • Joyce Santos Costa - 25/05/2013 às 10:00 pm

    Olá,

    Hoje fazem exatos 3 meses da minha estréia como Coordenadora Pedagógica (Parabéns para mim!!! rs). Não tem sido uma tarefa muito fácil, pois trata-se de uma escola pública com quase 1000 alunos de 1º á 9º Ano, além disso o prédio onde atuo é compartilhado, o que dificulta ainda mais a ação da equipe de gestão escolar… Mas mesmo tendo inúmeras dificuldades, estou amando meu trabalho, acredito que tenho plenas condições que me desenvolver mais e mais a cada dia, pois sou uma pessoa muito comprometida e responsável com aquilo que faço, sempre digo que para mim: missão dada é missão cumprida. Trabalho com um grupo de 17 professores PEB II, trata-se de um grupo bastante experiente e receptivo. A cada dia que passa aprendo mais com eles, fato este que vem fazendo com que meus conhecimentos e expandam e desta forma eu tenho ganhando mais experiências também para ajudá-los. Bem, acho que é isso. Amo ser Coordenadora Pedagógica = )

  • Bruna - 28/05/2013 às 2:54 pm

    Olá, estou no cargo há 5 meses e às vezes me pergunto se estou fazendo da forma correta, rs. Tenho 26 anos de idade e sou a professora mais nova de minha escola, isto é, agora no cargo de coordenadora tenho que oferecer ajuda a professoras muito mais experientes que eu. No início tive receio de não me aceitarem, mas está sendo uma experiência bacana, cheia de desafios. Tenho 7 anos de experiência como professora e minha jovialidade foi um ponto positivo no momento que fui escolhida para o cargo. Nunca almejei ser coordenadora, achava que não daria conta, mas hoje vejo que se nos prepararmos tudo se ajeita, rs. Recomendo esse cargo á todos, é uma outra visão do processo ensino-aprendizagem, abraços!!!

  • Araceli Coimbra - 04/06/2013 às 7:20 pm

    Minha estréia como Coordenadora Pedagógica aconteceu em 2009, quando fui apresentada a uma rede municipal de ensino como coordenadora da educação infantil. Logo de inicio já tive que palestrar com mais duas colegas e os professores não gostaram muito da ideia. A receptividade não foi muito boa a principio por se tratar de algo novo, mas a secretária de educação do município estava sempre ao nosso lado e nos apoio na jornada.
    Após três anos e meio passei em concurso publico e assumi a coordenação de uma escola de educação infantil ao nono ano, em junho do ano passado, mas este ano trabalho em quatro escolas da rede. Não é possível desempenhar um bom papel, pois atuo um dia em cada escola, mas faço o melhor.
    Assim como você, aprendo diariamente a ser coordenadora…

  • Araceli Coimbra - 04/06/2013 às 7:30 pm

    Na escola que sou efetiva, desenvolvi com os professores, no inicio deste ano um projeto fantástico, por meio do qual conseguimos relacionar todos os segmentos educação infantil, anos iniciais e finais e todas as disciplinas. Ele trata da qualidade de vida como forma cultural e assim falamos de alimentação, atividades físicas, esportes, a historia dos esportes, os cuidados com alimentos, massa corporal (todos os alunos e pais foram pesados e medidos e fizemos um gráfico – matemática), envolvemos a cultura local e a culturas das regiões do país, entre outros. O projeto está dando tão certo, ele é semestral, que vamos encerra-lo com uma mostra cultural, na qual vamos expor os dados obtidos, as experiencias realizadas, os conhecimentos construídos e toda a empolgação dos alunos e professores.
    Nesta escola fizemos algo que deu certo e por meio do qual foi possível enaltecer um pouco a educação. Tudo isso aconteceu porque tive o apoio da direção e dos professores.

  • Joana Carlette - 21/06/2013 às 5:52 pm

    Maria Inês, vou começar a cursar Pedagogia mês que vem,espero que eu me realize profissionalmente,e que não seja dificil conseguir um trabalho na área…Parabéns pela competência e sucesso!Abraço

  • Elimara - 28/06/2013 às 3:39 pm

    Como assumi o cargo de coordenadora esse ano (2013), ainda estou engatinhando. Lembro-me que na minha primeira reunião procurei deixar claro que a minha função ali seria de parceria. Assim, o meu objetivo é que os meus colegas de trabalho, pois sou coordenadora na mesma instituição em que lecionei, me vejam como alguém que chegou para acrescentar. Coloco-me sempre a disposição para auxilia-los nos principais pontos, desde as problemáticas do dia-a-dia até a execução das atividades e projetos. No entanto, sinto algumas dificuldades quando confundem a função do coordenador. Coordenar é orientar os caminhos para que o gol da aprendizagem aconteça. É uma experiência única, cada dia aprendo mais e espero colaborar cada vez mais com a equipe.

  • Maria Inês Jankunas - 12/07/2013 às 2:15 am

    Oi Maria Inês, coincidentemente temos o mesmo nome. Atuo como prof.ª Universitária há mais de 10 anos e agora gostaria de atuar como coordenadora pedagógica mas não tenho experiência, somente a docência do ensino superior em faculdades particulares na área da psicologia. Por onde devo começar?? Tenho que fazer qual curso ou pós??
    Abraço
    Maria Inês

  • Maria Salvalaio - 13/07/2013 às 12:03 am

    Boa noite Maria Inês e todos os ilustres colegas! Tenho muita vontade de atuar na coordenação pedagógica e em breve poderei socializar minha estréia! em tempo: como é bom ler e reler tudo o que você posta!!! Um abraço!!!

  • Vanuza Silva - 18/07/2013 às 11:09 pm

    Marco bastante expressivo no meu fazer pedagógico. Sempre estou em sala de aula, mas ajudar meus colegas de trabalho sempre foi meu objetivo, não consegui grandes avanços durante o ano de 2012, foi um momento em que outra escola necessitava de um coordenador pedagógico e fui convidada pela gestora Katiana da Escola Municipal Professora Jessica Débora de Melo Bezerra, aceitei o desafio, a afetividade foi fundamental entre professores, alunos, gestor e coordenador. O que me entristeceu é que não pude continuidade ao trabalho. Mas foi muito bom, inclusive os professores ficaram aborrecidos com a gestora porque eu não havia continuado na escola.

  • Luzinete Umbelina - 27/07/2013 às 5:40 pm

    Olá Maria Inês!
    Estou começando passar pela experiência. Minhas filhas e sobrinhos estudam na escola em que estou trabalhando, quando a Diretora da escola fez o convite, confesso que fiquei super entusiasmada, então a ficha foi caindo e estou “APAVORADA” com esta nova condição. Terei minha primeira reunião esta semana, seu blog esta me ajudando muito.
    Em busca de ajuda, corri para minha sempre coordenadora Fabiana Queiroz, que foi e é uma referência como coordenadora, pois sempre gostei de compartilhar ideias com o grupo onde trabalhei e Fabiana sempre colocava nas pautas que eram sempre bem aceitas pelo gruo.
    Um forte abraço!

  • Marlene de andrade - 15/08/2013 às 12:10 am

    Eu comecei esse ano se 2013 a ser Vice-Diretora , e realmente para mim tem sido um aprendizado, ainda estou engatinhando na função, mas meu objetivo é ajudar meus professores, coordenadores em tudo que for necessário, e aprender uma gestão melhor.

  • Thais - 26/08/2013 às 12:48 am

    Estou nessa escola á 3 meses, e estou preocupada com essa estréia pois as colegas que ján sei como as colegas estão há mais tempo irão reagir.

  • Luciana Cristina Oliveira - 03/11/2013 às 12:06 am

    Muito bom poder saber da pratica,vivências,dificuldades e sucessos de colegas..assim a angustia diminui e a certeza de que estou no caminho certo prevalece.Parabéns pelo trabalho!

  • Rosiane Silva - 01/01/2014 às 9:19 pm

    Olá, adorei esse blogue e gostaria de compartilhar minha experiência na coordenação pedagógica de uma escola estadual .A escola atende alunos surdos e surdos-cego,estava grávida de 7 meses quando passei no concurso e iniciei na escola como professora regente de sala de aula professora, logo saí de licença maternidade,porém nos meses que estive acho que marquei de algum modo a gestora que ao retornar as atividades fui convidada a coordenar a escola.uma surpresa para mim,aceitei.mas alguns professores antigos da casa não aceitou,daí venho tendo contratempos com os mesmos,já tentei conquistá-los,mas em vão.Já ouvi comentários de que sou fraca, infantil, muito nova na idade e na profissão, não sei me impor e etc…
    Estou muito preocupada e ansiosa, pois pesquiso muito, tento várias estratégias de metodologias diferenciadas e diversificadas para o nosso público que é surdo, nas reuniões tento ouví-los, enfim está sendo muito difícil, já conversei com minha gestora ela me disse que é normal no início mas logo ganharei a confiança e o respeito deles.Mas dói muito sou muito sentimental acho. penso em desistir? sim, mas amooooo o que faço e gostaria de contornar a situação.Será que consigo já se passaram 2 anos e a minha maior preocupação é que de uma forma ou de outra, vejo que indiretamente prejudica o aprendizado das crianças pela cabeça dura de muitos,em confundir as coisas.achando que não fazer o melhor para a educação é me prejudicar.Socorroooooo, e desculpas vc não é psicóloga, mas se puder me ajudar.
    Agradeço o espaço e desde já as contribuições, que certamente terei de vcs.Parabéns pelas conquistas e feliz ano novo!!!!!

  • Maria Inês dos Santos Oliveira - 01/01/2014 às 10:31 pm

    Irei começar esse ano como coordenadora, estou muito ansiosa pois, não sei o que está por vir, quero fazer o meu melhor, por isso estou pesquisando bastante, só estou um pouco apreensiva quanto a minha função dentro da escola e em relação á direção, mas espero que de tudo certo, pois como professora fui muito feliz e realizada.Abraços]

  • Fabiana Mendonça Barros - 06/01/2014 às 3:59 pm

    Estreei como coordenadora em agosto de 2012 na rede municipal de Paracambi, estado do Rio de Janeiro. Em fevereiro deste mesmo ano tomei posse no concurso de professores da cidade e assumi uma turma de 3º ano de escolaridade, na qual permaneci somente até julho quando fui convidada para assumir a coordenação. Já tinha experiência como professora na rede particular desde 1998, mas como coordenadora foi a primeira vez. Foi um susto, confesso. Era tudo muito novo para mim, porém ao longo de minha carreira profissional tive excelentes coordenadoras e isso me ajudou muito. Como coordenadora tentei passar para minhas colegas que eu era tão professora quanto elas e que queria muito aprender juntas. E assim funcionou. Hoje, eu e minha equipe somos bastante unidas. Nosso trabalho tem caminhado bem, porém temos consciência de que precisamos melhorar sempre mais. Nessas férias tenho lido muito sobre educação, esta semana mesmo acabei de ler um livro chamado “Volta ao mundo em 13 escolas”, indicado pelo educador Julio Furtado, na qual dirigiu um curso para gestores em minha cidade no ano de 2013. Por sinal, excelente curso.
    Espero que em 2014 eu possa ajudar ainda mais minha escola e aprender a cada dia.

  • Dani - 09/01/2014 às 11:47 am

    Olá!
    Já li e reli essa matéria várias vezes e agora resolvi falar um pouco da minha experiência. Confesso que a primeira vez que li, estava apavorada, com medo do novo. Iniciei como coordenadora em março de 2013. Assumi um contrato com a prefeitura. Estava bem insegura e até me perguntava às vezes o que eu estava fazendo. Batalhei muito, corri atrás, pesquisei, estudei e graças a receptividade da equipe, consegui concluir o ano com a sensação de dever cumprido. Agora estarei indo para outra U.E. e dessa vez, no cargo efetivo. O ano letivo ainda não iniciou mas me sinto mais confiante pela experiência que adquiri nesses meses que se passaram. Pretendo voltar aqui para relatar essa nova fase da minha vida profissional. Beijos

  • Fabiana - 20/01/2014 às 9:42 pm

    Minha estréia será no próximo dia 27/01/2014.
    Estou muito ansiosa, acredito que também terei fama de “muito organizada”, pois irrito muito minha família com esta mania de organização.
    Logo escrevo para dizer como foi minha estréia na Coordenação Pedagógica.

  • Laísa Pereira - 24/01/2014 às 2:44 pm

    Vou começar esse ano, e estou ansiosíssima! De cara, já li seu artigo sobre a primeira reunião com os professores, e amei as dicas. Tenho a ‘sorte’ de ser bem quista e respeitada por muitos colegas da rede municipal da qual faço parte, então estou um pouco tranquila em relação a isso. O desafio será corresponder às expectativas, pois sempre ouvi: “você seria uma ótima Apoio Pedagógico” (termo utilizado na minha rede); “se você fosse minha A.P., as coisas na minha escola estariam bem melhores”… Enfim, como sou assídua e participativa em todos os cursos de formação oferecidos pela SME, acabei granjeando o respeito e admiração dos colegas. Agora é arregaças as mangas e mostrar a quê eu vim, né? rsrs
    Obrigada por tudo! Bjs

  • Solange Silva - 27/01/2014 às 9:34 pm

    Primeiramente, parabéns pelo sucesso!
    Bem, comecei a atuar como coordenadora no ano passado e tive muitas dificuldades, principalmente no que diz respeito a formação continuada, fico em dúvida que temas abordar? E como agir nesses encontros?
    Poderia me ajudar de alguma forma? Desde já muito grata.

  • Tanea CArvalho Correa - 28/01/2014 às 4:36 pm

    por favor, gostaria de sanar uma dúvida,dizem que não há mais admissão de coordenadores pedagógicos nas Escolas de educação Básica Pública, sou Pedagoga e estou cursando uma Pós Graduação em Administração Escolar, Supervisao e orientação, não mercado de trabalho então??? É verdade??

  • Rosemeyre Silva - 07/02/2014 às 9:40 pm

    Fui convidada para a coordenação em 2013, e leciono nesta escola desde 2009, acontece que nesta escola há um grupo de professores que, desde que entrei não gostam de mim sob hipótese alguma, sempre fiz e faço muitos projetos, as crianças adoram, tenho grupo de xadrez, de coral, de pais e tudo vai indo, mas quando chega nos ATPCs estes professores riem o tempo todo de mim, e o pior não tenho experiência alguma de coordenação, uma vez que entrei em outubro de 2013, preciso realmente de dicas e ajuda.

  • Milene Jales Diniz Oliveira - 09/02/2014 às 6:27 pm

    Boa tarde!
    Minha experiência como coordenadora pedagógica está relacionada ao Ensino Fundamental II, e atualmente estou assumindo a coordenação do 1º ao 5º ano, o qual será um desafio para mim, mas sou persistente e comseguirei desenvolver minha prática com responsabilidade. Então espero das colegas grandes ideias para que consiga me organizar melhor nessa nova realizadade.

  • josivania maria verbutino - 09/02/2014 às 10:22 pm

    Bem estou iniciando este ano como coordenadora da educação infantil,pra mim está sendo uma experiencia muito grande ,estou feliz e muito ansiosa pois a responsabilidade é grande ,mas quando fazemos as coisas com amor e responsabilidade da tudo certo e tendo a certeza que DEUS é o nosso maior ajudador e não nos deixa só. abraços.

  • Rita de Cassia Souza Aquino - 16/02/2014 às 5:19 pm

    Sou professora( com formação em Magistério e Serviço Social) e atuo como coordenadora e como você a cada ano aprendemos mais, pois o público se renova e a realidade muda. E o que é mais gratificante é saber que o trabalho que você está desempenhando está fluindo junto a comunidade escolar. E como você mesma disse se faz necessário realmente planejar, pensar e repensar todas as nossas práticas…Beijos. Estou feliz por este Blog existir.

  • Ester Moraes - 19/02/2014 às 6:04 pm

    Faz apenas uma semana que assumi a Coordenação de um Projeto Social. Estou, é claro na fase da ansiedade e um pouquinho de insegurança quanto a aceitação dos colegas, pois já fazia parte da equipe de trabalho. Não me sinto incapaz, pois conheço o público alvo e o que queremos atingir, mas confesso que dá o frio na barriga. Vou precisar de muita orientação. Conto com vcs!! Bjjjj

  • Marina Conceição da Silva Santos - 23/02/2014 às 11:55 am

    Comecei esse ano como coordenadora em uma escola de Ensino Fundamental com 14 salas de aula, 1 sala de AEE e 1 sala de jogos com 1 MEB responsável por ela. Estou em fase de adaptação e adorei esse blog pois sei que me ajudará bastante. Bjs

  • Meirivania teixeira de Sousa - 07/04/2014 às 10:14 am

    Estou coordenadora há duas semanas e muito insegura e me considerando um pouco despreparada, pois sou professora há dezessete anos e a cinco lecionei em uma escola do interior de munha cidade onde não tinha um coordenador pedagógico e o ensino é apenas do 6º ao 9º ano.De repente, ,aceito um convite da Secretaria de Educação para atuar como coordenadora em uma outra escola, bem maior que a outra em todos os fatores.Quase não aceitava, mas resolvi encarar esse desafio, pois tenho muitos sonhos que pretendo realizar nessa área.A ex-coordenadora era bem aceita por toda a equipe, competente, foi enviada para outra escola, enfim, preciso de ajuda e estou buscando informações em todos os lugares; livros, revistas, internet… Mas ainda não estou segura.Porém, confio em Deus e que tudo dará certo.

  • silvana rodrigues guimaraes - 14/04/2014 às 9:45 am

    nossa ,fui convidada para ser coordenadora essa semana,muito insegura -pois o município (escolas) nunca teve coordenadores-tenho muitos sonhos e um amor pela educação ,mas não fui tão aceita -tenho uma experiência de cinco anos como professora….gostaria de algumas ajudas -agradecida desde já….amei seu depoimento.SILVANA.

  • Palmira - 15/04/2014 às 3:55 am

    Oi, inicie as minhas atividades na coordenação este ano e estou em dificuldades. Adoro trabalhar na formação de professores, gosto muito das trocas que fazemos e tenho aprendido muito, entretanto, não estou recebendo o apoio da minha diretora, sinto que ela tenta me sabotar, por exemplo não entregando os e-mails direcionados a coordenação. Hoje por exemplo ela entregou as orientações sobre a Provinha Brasil aos professores sem ao menos conversar comigo ou com a outra coordenadora, que também é nova na função. Quando tentamos dialogar ela muitas vezes é grossa conosco, gritando ou se impondo, Realmente está estréia está complicada, mas desistir não faz parte dos meus planos!

  • Simone Alves Siqueira - 11/05/2014 às 2:44 am

    Desse jeitinho mesmo! Tenho me policiado para estar sempre com tudo em dia, ser pontual, usar uniforme, não falhar para que possam estar seguros ao meu lado.



 Assine já a sua revista!
Gestão Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.