Assine Gestão Escolar
Revistas do mês
Gestão Escolar
Nova Escola
publicidade

Projeto institucional: espaços de brincar

Objetivos
- Gerais Tornar a escola um local de convivência saudável, esteticamente agradável e funcional.
- Para a direção e a coordenação pedagógica Planejar os momentos de lazer para os alunos e organizar um acervo lúdico.
- Para os alunos Participar da melhoria dos espaços coletivos e da identidade do ambiente escolar.
- Para os professores Planejar e coordenar propostas para que os alunos tenham mais opções de lazer e oportunidade de interagir fora da sala de aula.
- Para os funcionários Sugerir soluções para a organização dos espaços educativos e colaborar na confecção de brinquedos e demais materiais.
- Para a comunidade Participar da reorganização do espaço, socializando brincadeiras e jogos.


Conteúdos de Gestão Escolar
- Aprendizagem Importância das ações educativas que contemplem o brincar.
- Espaço Organização do ambiente escolar para privilegiar a interação.
- Equipe e comunidade Compartilhamento e comunicação do projeto para toda a comunidade educativa: professores, funcionários, alunos e pais.

Tempo estimado
O ano todo.

Material necessário
Brinquedos e jogos variados e material para pequenas reformas, se necessário.

Desenvolvimento
1ª etapa Levantamento de propostas e materiais
Faça uma pesquisa com professores, funcionários e alunos para servir de base ao projeto de melhoria dos espaços de lazer. Se já são realizadas atividades na hora do recreio, há a intencionalidade educativa nelas? A equipe faz um planejamento nesse sentido? Há brinquedos, jogos e materiais que promovam a interação? Livros e revistas estão disponíveis aos alunos? Existem lugares aconchegantes? A equipe tem acesso a materiais teóricos e práticos sobre propostas lúdicas? O corpo docente recebe uma formação específica nessa área? Todos conhecem os interesses da garotada? Tabule o resultado e deixe exposto em um mural no pátio e na sala dos professores.

2ª etapa Divisão de tarefas
Reúna professores, funcionários e alunos para analisar as respostas e, com base nelas, proponha a gestão coletiva dos espaços da escola. Sugira a formação de pequenos grupos para organizar e monitorar algumas atividades lúdicas. É possível toda a equipe contribuir arrecadando material, pesquisando os fornecedores mais baratos e buscando soluções com sucata. As funções, contudo, podem ser divididas:
- Professores Organizar um rodízio para planejar o uso do pátio ao longo da semana. Por exemplo: às segundas-feiras, um fica responsável por oferecer um novo jogo de tabuleiro; às terças, outro organiza brincadeiras com bola e assim por diante. Eles também devem conversar com os alunos para saber dos interesses, registrar o intervalo (com fotos, vídeos ou relatos) e identificar possibilidades de mudanças a fim de tornar o ambiente mais agradável.
- Funcionários Manter o espaço em condições de uso, partilhar brincadeiras, jogos e brinquedos que conhecem e ajudar na manutenção dos materiais e na ampliação do acervo lúdico. As merendeiras podem guardar latas para a confecção de pés de lata e um auxiliar de serviços gerais, intervir no espaço ao pendurar ganchos para a montagem de cabanas.
- Alunos Apresentar propostas de atividades e assumir responsabilidades em relação à manutenção e organização do espaço e dos materiais. Se houver música na hora do recreio, é preciso definir quem tomará conta do som e escolherá a trilha sonora.

3ª etapa Intervenções no espaço
Fotografe os ambientes da escola, amplie e imprima as imagens e faça cópias em preto e branco. Monte com elas um mural e incentive a participação de todos, dando opinião sobre possíveis interferências. Eles podem desenhar com lápis e canetas coloridas e escrever sobre as folhas. Algumas sugestões para:
- Corredores Murais produzidos pelos alunos com dicas culturais e troca de objetos (gibis, figurinhas etc.), cantos de brincadeiras, labirinto de elásticos (presos na parede com ganchos) e almofadas para a leitura (onde não atrapalhem a passagem).
- Parque Montagem de cabana, trepa-trepa decorado com papelão ou folha de palmeira e tendas feitas com boias, pneus ou tecido.
- Pátio Canto com jogos de tabuleiro.

4ª etapa Comunicação e divulgação
Informe os familiares sobre o projeto nas reuniões de pais e por meio de bilhetes. Painéis de fotos na entrada da escola são instrumentos de troca valiosos. Convide pais e avós para participar do intervalo. Eles serão bem-vindos para socializar jogos e brincadeiras do seu tempo de infância.

Avaliação
Converse com os professores, leia os relatórios e observe se há a interação e se as brigas diminuíram no intervalo. Alunos envolvidos com as propostas e a qualidade e a diversidade das atividades são indicadores do bom andamento do projeto.

 

Consultoria: Adriana Klisys
Diretora da Caleidoscópio Brincadeira e Arte, de São Paulo.

Compartilhe

Gostou desta reportagem? Assine GESTÃO ESCOLAR e receba muito mais conteúdo a cada edição!

 

Publicado em GESTAO ESCOLAR, Edição 009, Agosto/Setembro 2010.
Comentários

 

 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas impressas!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Gestão Escolar
  Patrocínio       Editora ÁticaEditora ScipioneEdições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.